4 segredos da educação financeira

Você sabe o que é educação financeira? Sabe que ela pode ajudar você a ter muito mais dinheiro do que você tem hoje? Trabalhando desde 2004 como consultora financeira, tenho percebido cada dia mais a importância da educação financeira na vida das pessoas e das famílias no país.

A ausência de conhecimentos sobre educação financeira tem trazido muitos problemas às pessoas, tais como falta de reserva financeira, pagamento de contas em atraso, falta de pagamento de algumas contas, endividamento, estresse, desgaste nos relacionamentos, desarmonia familiar, etc.

A causa do problema está especificamente no fato de que não se ensina educação financeira nos lares e não se ensina educação financeira nas escolas.

Muitos sentem o desejo de implantar uma educação financeira sistemática na sua vida, fazendo algumas anotações em cadernos, agendas, computador. Fazem até certo esforço por um período, mas acabam desistindo. É o seu caso?

Você vai descobrir que há uma solução que poderá fazer você economizar tempo, dinheiro e esforço. E é sobre ela que falaremos a seguir.

Educação financeira nada mais é do que um conjunto de informações básicas sobre como fazer a melhor gestão do próprio dinheiro.

A educação financeira envolve providências como elaborar e acompanhar o orçamento pessoal ou orçamento familiar, como comprar de forma consciente, poupar e investir e, de um modo geral, como usar o dinheiro de forma eficaz visando atingir objetivos financeiros mais rapidamente.

Levando-se em conta que o processo de educação financeira deve ser contínuo, devido ao ritmo rápido com que as transformações ocorrem no mundo atual, pode-se afirmar que o processo de educação financeira deve ser desenvolvido na vida toda.

Transforme o dinheiro em seu importante aliado. E para isso você precisa elaborar o planejamento financeiro. Descubra como elaborar o planejamento financeiro pessoal de maneira objetiva, prática e eficaz. Divida o processo em quatro partes principais:

1) orçamento;

2) dívidas;

3) sonhos;

4) poupança e investimento.

 

1) Orçamento pessoal

 Você precisará ter o controle do dinheiro e dos gastos pessoais, saber exatamente quanto sobra no final do mês. Se por acaso você não tiver sobras, a saúde financeira recomenda que você faça revisões no orçamento e providencie redução de despesas, ajustes e adequações até que comece a sobrar dinheiro.

2) Dívidas

 Se as dívidas existem na sua vida e atrapalham seu orçamento, você precisará conhecer muito bem o que e para quem você deve, a taxa de juros que foi contratada e quando a dívida será finalizada. Faça uma análise criteriosa visando diminuir as dívidas ao mínimo aceitável/desejável.

O ideal é que as dívidas se refiram apenas à aquisição de bens de maior valor como casa própria e carro.

3) Sonhos

Os sonhos são os motivadores da vida! São aqueles desejos de conquista que fazem com que você e todos nós levantemos cedo da cama todos os dias. Os sonhos nos projetam para frente: um curso técnico ou superior, um curso de idiomas visando uma promoção, aquela viagem de férias, um carro, casa própria, etc.

Eles são tão importantes para nós que por eles fazemos sacrifícios. Portanto, coloque todos os seus sonhos no papel e determine datas para conquistá-los. Transforme seus sonhos em metas!

4) Poupança e investimento pessoal

 Como diz o ditado popular, “dinheiro chama dinheiro”. Portanto, trabalhe com suas contas para que você consiga poupar pelo menos 10% de tudo o que você ganhar. Assim você terá condições de investir e conquistar seus sonhos e os sonhos de quem você ama.

Quando se trabalha em um processo acelerado por juros altos nos investimentos, mais dinheiro se obtém. Educação financeira significa também conhecer de forma mais detalhada os produtos financeiros disponíveis no mercado e assim, poder colocar o seu dinheiro para trabalhar para você através de investimentos.

Conclusão

Foram indicados acima 4 passos básicos de educação financeira que você pode implantar rapidamente! Com eles você poderá ter muito mais sucesso no seu controle financeiro pessoal.

A implantação dos 4 passos de educação financeira os transformará em método prático de como organizar as contas. Lembro aqui que mais importante do que ter um método é colocá-lo em prática. Portanto, comece agora. Comece já a cuidar melhor do seu dinheiro! Você merece ter uma excelente saúde financeira!

 

Evanilda Rocha, consultora financeira, especialista em finanças pessoais, educação financeira, orçamento pessoal e planejamento financeiro. Autora do e-book “Como fazer sobrar dinheiro no final do mês”.  Para baixar seu e-book, clique aqui. Evanilda Rocha também é criadora do treinamento “Como Organizar sua Vida Financeira em 5 Passos Simples”.

Nota: Se você quiser falar diretamente conosco, mandar sugestões, comentários ou perguntas, mande e-mail para contato@dinheirointeligente.com.br.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *